PCdoB vai à Justiça contra “showmício” religioso de Deltan Dallagnol em prédio público no Paraná

Deu ruim para o ex-procurador Deltan Dallagnol, pré-candidato a deputado federal pelo Podemos no Paraná.

O ex-todo-poderoso da Lava Jato está sendo acusado de usar um prédio público da Prefeitura de Planalto, no Sudoeste do Paraná, para realizar um “showmício” religioso com pretensão eleitoral.

O presidente do diretório estadual do PCdoB do Paraná, Elton Barz, protocolou uma “Reclamação Eleitoral” [veja abaixo] no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), por meio dos advogados Eduardo Fernando Balbinotti Fernandes, Victor Cirylo Rozatti e Ramon Prestes Bentivenha, pedindo o cancelamento do evento “Planalto canta para Jesus”, onde Deltan é colocado na propaganda na condição de o “Iluminado”.

“O que você cristão pode fazer diante dos desafios do Brasil?”, pergunta o pré-candidato do Podemos na publicidade do showmício religioso, previsto para acontecer às 18 horas deste sábado (23/07).

Deltan pretende realizar showmício religioso em prédio da Prefeitura de Planato, diz PCdoB em Reclamação Eleitoral.

A juíza Melissa de Azevedo Olivas, do TRE, sem entrar no mérito da Reclamação, disse que o PCdoB não tem legitimidade para promover a ação porque o partido participa da Federação Brasil Esperança – juntamente com PT e PV [veja despacho abaixo].

– Nós vamos juntar uma procuração da Federação com o intuito de embargar essa ilegalidade de Deltan Dallagnol – disse ao Blog do Esmael advogado da legenda vermelha Eduardo Fernando Balbinotti Fernandes.

Além de Dallagnol, o PCdoB também pediu a condenação da Igreja do Evangelho Quadrangular de Planalto e da Prefeitura do Município de Planalto – acusada de improbidade administrativa.

O município de Planalto, na região Sudoeste do Paraná, fica a 596 km de Curitiba, e tem 13.500 habitantes.

Clique aqui para ler a íntegra da Reclamação Eleitoral do PCdoB-PR.

Clique aqui para ler despacho da juíza do TRE.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.