Ou Sergio Moro bate em Jair Bolsonaro ou Ciro Gomes vai ultrapassar o ex-juiz da Lava Jato

Ou Sergio Moro bate em Jair Bolsonaro ou Ciro Gomes vai ultrapassar o ex-juiz da Lava Jato

Google News

O suspeito ex-juiz Sergio Moro (Podemos) não cresceu nas pesquisas a despeito dele “eleger” Lula (PT) como alvo preferencial. Pelo contrário. Oscilou negativamente e já tem instituto colocando Ciro Gomes (PDT) fungando no cangote do moço da finada Lava Jato.

Segundo levantamento do Ipespe/XP Investimentos, Ciro e Moro estão tecnicamente empatados no terceiro lugar pela corrida presidencial. O ex-presidente Lula lidera o certame e pode vencer já no primeiro turno.

Num erro tático, Moro escolheu como alvo Lula que está muito distante dele. Os manuais de marketing eleitoral e político recomendam que a tarefa fica mais crível quando o adversário está mais perto. Ou seja, o ex-juiz deveria escolher o presidente Jair Bolsonaro (PL) como meta a ultrapassar.

Ciro tinha cometido o mesmo pecado quando fixou-se em Lula, perdeu a terceira colocação para Moro.

Agora é Moro, dando passo maior que a perna, a posição do ex-juiz está sendo ameaçada por Ciro.

A tendência é que Sergio Moro cai para a quarta posição nas próximas sondagens eleitorais e Ciro Gomes assuma o terceiro lugar, atrás de Bolsonaro e Lula.

Se as eleições presidenciais de 2022 fossem hoje, segundo o Ipespe, o resultado seria esse:

  • Lula 44%
  • Bolsonaro 24%
  • Moro 8%
  • Ciro 8%
  • Doria 2%
  • Simone Tebet 1%
  • Alessandro Vieira 1%

Com o isolamento de Lula e Bolsonaro, que polarizaram a eleição, chama a atenção a disputa pelo terceiro lugar entre Moro e Ciro.

Veja também  Governo Bolsonaro apresenta PL de privatização dos Correios