Os 19 dias restantes de Temer

De hoje, sexta-feira 14, até 2 de agosto, sobram 19 dias para o ilegítimo Michel Temer.

O início do mês vindouro, conhecido como mês do cachorro louco, tende a ser fatal para o Tinhoso no plenário da Câmara.

Pela contabilidade do matemático Roberto Requião (PMDB-PR), senador que presidente a Frente Ampla, se não tivesse comprado parlamentares, Temer teria levado uma sabugada na CCJ da Câmara pelo placar de 38 votos favoráveis à investigação a 27 contrário.

O Palácio do Planalto trocou 13 deputados da CCJ com o objetivo de vencer a batalha de ontem. Entretanto, a mãe de todas as batalhas ocorrerá daqui a 19 dias. Aí é que são elas…

Se o plenário da Câmara aprovar a admissibilidade da investigação no STF pelo crime de corrupção passiva, consequentemente, Temer será afastado do cargo pelo prazo de 180 dias. Após esse período, realiza-se nova eleição presidencial via Congresso Nacional.

Veja também  Ratinho revolta PT ao sugerir "metralhar" deputada Natália Bonavides

Comments are closed.