Notícias ao vivo do Coronavírus – atualização #LiveTVesmael – 12/04/2020

O ministério da Saúde informou neste domingo (12) a atualização diária da pandemia de Coronavírus no Brasil.

Até o dia de hoje, o Brasil soma:

  • 1.223 mortes
  • 22.169 casos confirmados
  • Letalidade: 5,5%

Na sábado (11) o número de mortos era de 1.124 mortes. A alta de ontem para hoje foi de 9%. E ontem havia 20.727 casos confirmados. A alta de casos ficou em 7% .

Revista alemã põe respirador na Estátua da Liberdade; ‘Véio da Havan’ fica indignado

A revista alemã Der Spiegel, uma publicação semanal sediada em Hamburgo, colocou a Estátua da Liberdade, de Nova York, respirando por aparelhos para se referir ao desastre da gestão Donald Trump nos Estados Unidos.

Uma fotomontagem coloca a escultura neoclássica do porto de Nova York deitada e amparada com um respirador, simbolizando a derrocada econômica americana com a chegada do coronavírus.

Conhecido por identificar a maioria de suas 140 lojas no Brasil com uma réplica da Estátua da Liberdade, o empresário Luciano Hang, o ‘Véio da Havan’, estuda pedir ao Itamaraty que envie nota diplomática em solidariedade ao presidente americano e em repúdio à revista alemã.

LEIA TAMBÉM
Cristo Redentor de ‘jaleco branco’ em homenagem aos profissionais da Saúde

Itália registra menor número diário de mortes por coronavírus em 3 semanas

PT condena sanções dos EUA a Cuba e exige livre acesso a medicamentos

PIB do Brasil deve encolher 5% em 2020, aponta o Banco Mundial
O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil pode 5% em 2020, segundo uma projeção do Banco Mundial publicada neste domingo (12/04).

A previsão está no relatório “A economia nos tempos da Covid-19”, que aborda os impactos da pandemia do Coronavírus na América Latina e no Caribe.

Se for confirmada, será a maior retração desde 1962, quando teve início a série histórica disponibilizada pelo Banco Central. A retração seria maior até do que a de 1981, a pior da série, quando o PIB brasileiro teve queda de 4,39%.

Para a região como um todo, incluindo os países caribenhos, a previsão do Banco Mundial é de uma retração de 4,6% em 2020. Dos 26 países analisados no relatório, apenas dois (Guiana e República Dominicana) não tem previsão de entrar em recessão em 2020.

Como se pode ver, o Brasil deve sofrer uma recessão pior do que a média da região para o período. O fato é que a economia brasileira já estava devagar antes da pandemia. A crise mundial causada pela doença só piorou a situação.

Bolsonaro ‘passa recibo’ sobre dobra do desemprego em seu governo; confira
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ‘passou recibo’ neste domingo (12), via Twitter, à reportagem da Folha de S. Paulo sobre a dobra do desemprego devido à pandemia do coronavírus.

O jornalão paulistano publicou hoje estudo de pesquisadores da FGV apontando em dois cenários ruins, que necessariamente representarão aumento de desemprego no País.

No mais drástico e real, a Covid-19 poderá potencializar em 12,6 milhões de novos desempregados, qual seja, saltaria para 25 milhões de desempregados. A taxa de desemprego iria para 23,8%.

No cenário mais brando, porém menos factível, o tombo seria de seis milhões de vagas. A taxa de desemprego aumentaria para 17,8%.

Bolsonaro escreve no tuíte que a Folha apoiou as ações “daqueles” que destruíram empregos, mas não determinou os sujeitos. Podem ser Paulo Guedes, a Globo, o sistema financeiro, a Fiesp, enfim…