Não chame o Goura e o vice Pimentel para a mesma lotação: ‘cartão-transporte inteligente’ é mais uma enganação

O pré-candidato do PDT à Prefeitura de Curitiba, Goura Nataraj, voltou a criticar o cartão-transporte inteligente da capital paranaense.

Em um post no Instagram, Goura exibiu uma foto do vice-prefeito Eduardo Pimentel (PSD) e ironizou a adesão ao sistema.

“Parabéns à Prefeitura de Curitiba pelo cartão-transporte ‘mais inteligente do mundo’: de 600 mil usuários/dia, só 57 aderiram à ideia. Esse fracasso merecia mais um prêmio”, escreveu o deputado estadual.

>>O que fez Greca adiar o anúncio do seu candidato a prefeito só para junho?

Na postagem, Goura também fez uma sugestão à prefeitura.

“Fica minha sugestão à Prefeitura de Curitiba: um cartão-transporte realmente inteligente é aquele em que o usuário paga uma taxa mensal para utilizar o serviço QUANTO QUISER e a HORA QUE QUISER, de forma integrada e sem confisco de créditos no fim do mês”, disse.

Economia

“É assim em diversas cidades do mundo e como deveria ser em Curitiba, mas a prefeitura preferiu novamente privilegiar o lucro em vez de soluções reais à população. Será que esse cartão também vai ganhar prêmio de ‘serviço inteligente’?”, questionou.

Pimentel lançou o dito “cartão-transporte inteligente” na condição de prefeito em exercício, enquanto o Greca estava no exterior.

>>Após Greca refugar apoio a Pimentel, articuladores de Ney Leprevost se animam

Quem deve ter comprado são os amigos e assessores, imagina o combativo deputado Goura.

As críticas de Goura ao transporte coletivo de Curitiba têm sido recorrentes.

Em uma postagem anterior, o deputado afirmou que “lá longe do natal iluminado e das conferências com diplomas inteligentes, existem muitas outras Curitibas. De gente que paga R$6 reais pra andar em ônibus lotado, se esquivando de barata e goteira”.

“Foi lá na CIC que nessa terça (21/11), junto a diversos movimentos, levamos ao terminal do Caiuá uma mobilização por um serviço de transporte com melhor preço e qualidade”, disse.

“Depois, conheci o trabalho da irmã Anete no Sabará e as demandas da população da região. Há muito a ser feito e é urgente descentralizar Curitiba: levar serviços de qualidade, eventos, cultura e cuidado também às áreas periféricas. Mais do que ‘inteligente’, Curitiba precisa aprender a ser humana!”

>>Rafael Greca adia anúncio do candidato à Prefeitura de Curitiba e causa mal-estar com vice Eduardo Pimentel [áudio]

Um vereador da bancada governista, na Câmara Municipal, ao comentar o post de Goura alertou em tom de brincadeira: “Não chame o Goura e o vice Pimentel para a mesma lotação”.

As críticas de Goura ao cartão-transporte inteligente de Curitiba são contundentes e fundamentadas, continuou o parlamentar curitibano.

O sistema, lançado na interinidade de Pimentel, tem sido um fracasso de público e de crítica.

Até o momento, apenas 57 pessoas aderiram ao cartão, o que representa uma adesão de 0,01% dos usuários do transporte coletivo da cidade.

De acordo com o vereador, as críticas de Goura também são importantes porque levantam questões relevantes sobre o transporte coletivo de Curitiba.

O deputado aponta que o sistema é caro, ineficiente e não atende às necessidades da população.

É provável que as críticas de Goura tenham um impacto negativo na imagem do governo de Rafael Greca (PSD), e, consequentemente, no candidato governista à Prefeitura de Curitiba, seja Pimentel, seja, Leprevost ou Ducci.

>>Escândalo choca Curitiba: Greca teria comprado título de “Cidade Inteligente” na Espanha

O prefeito, que não disputa a reeleição, mas pensa em 2026, está tentando mostrar que está preocupado com o transporte coletivo da cidade.

No entanto, as críticas de Goura mostram que o governo ainda tem um longo caminho a percorrer para melhorar o sistema, considerado um dos mais caros dentre as capitais brasileiras.

O vice Eduardo Pimentel, por sua vez, até agora não rebateu as críticas do pedetista, que considerou mais uma enganção, o suposto cartão-transporte inteligente.

Na semana passada, o prefeito Rafael Greca deu um gelo no vice ao dizer que seu grupo político ainda não definiu o nome para sucedê-lo na Prefeitura de Curitiba.

No entanto, o freio de mão puxado por Greca animou o deputado Ney Leprevost (União) e parte dos seguidores do deputado e ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), que ainda sonha com uma retribuição do ainda prefeito pelo apoio em 2016.