Mulheres vão à s ruas de Curitiba para reivindicar mais espaço na política

Google News

Cerca de 2 mil mulheres realizam nesta manhã (8), em Curitiba, uma passeata para reivindicar “Mais Poder Político para as Mulheres”. Sob a coordenação de diversas entidades, as manifestantes estão concentradas na Praça Santos Andrade (UFPR) e, daqui a pouco, marcham até a Boca Maldita — centro político “nervoso” da capital paranaense.

“Hoje estaremos ocupando as ruas e praças de todo o país para reafirmar as conquistas e lutar pelas que ainda precisam ser conquistadas, principalmente no que se refere à  participação política da Mulher”, explica Elza Campos, presidente nacional da UBM (União Brasileira de Mulheres).

“As mulheres devem ser vereadoras, deputadas estaduais, deputadas federais, senadoras”, prega a presidente da UBM.

Neste Dia Internacional das Mulheres, as organizações de gênero têm como pauta política as seguintes bandeiras de luta: reforma política; reforma da mídia; redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas; fortalecimento do SUS; mais creches e escolas; legalização do aborto; defesa da Lei Maria da Penha; criação de Secretaria de Mulheres; fim da discriminação racial e sexual; e contra a exploração comercial sexual de meninas e mulheres.