Caminhoneiros param rodovia em protesto contra preço dos combustíveis

Lula lidera até em pesquisa contratada por caminhoneiros da CNT

Google News

► Lula vence nas sondagens espontâneas e estimuladas, segundo pesquisa CNT/MDA

Pesquisa contratada pela CNT, entidade de representação máxima do transporte no Brasil, também deu Lula.

Segundo levantamento da CMA, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança, com 40,6% das intenções de voto.

Na apuração dos caminhoneiros, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) é o segundo, com 32% da citações.

Ciro Gomes (PDT), em terceiro lugar, tem 7,1%, enquanto João Doria (PSDB), com 3,1%, ocupa a quarta posição.

Confira a pesquisa estimulada sobre o 1º turno:

Gráfico de pesquisa CNT/MDA mês maio/22
Intenção de voto estimulada para presidente; pesquisa CNT/MDA

► Lula (PT): 40,6%
► Bolsonaro (PL): 32%
► Ciro (PDT): 7,1%
► João Doria (PSDB): 3,1%
► André Janones (Avante): 2,5%
► Simone Tebet (MDB): 2,3%
► Felipe D’Avila (Novo): 0,3%
► Brancos/nulos: 5,1%
► Indecisos: 7%

De acordo com a sondagem, a diferença entre Lula e Bolsonaro é de 8,4 pontos percentuais de diferença para a lista apresentada com os pré-candidatos acima.

Simulação de segundo turno

O ex-presidente Lula vence todos os adversário em eventual disputa de segundo turno. Confira os cenários:

► Lula 50,8% x 36,8% Bolsonaro
► Lula 50,2% x 16,5% Doria
► Lula 50,3% x 17,8%Tebet
► Ciro 44,2% x 37,8% Bolsonaro
► Bolsonaro 38,8% x 33,9% Doria
► Bolsonaro 39,6% x 30,5% Tebet

A diferença a favor de Lula é de 14% em cima de Bolsonaro, no segundo turno.

Pesquisa espontânea

Lula tem 33,4% e Bolsonaro aparece com 27,3%. A diferença entre eles, nesse cenário, é de 6,1 pontos percentuais.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas por telefone entre 4 e 7 de maio. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com índice de confiança de 95,6%. A pesquisa foi contratada pela CNT e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-05757/2022.