A entrada do ex-juiz suspeito Sergio Moro na disputa ampliou a vantagem de Lula, que pode vencer no 1º turno.

Lula disparou com entrada de Moro na disputa presidencial de 2022

O tiro saiu na culatra da velha mídia corporativa, que torce por Sergio Moro (Podemos). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disparou nas intenções de voto com a entrada do ex-juiz suspeito na corrida presidencial de 2022.

Se nas sondagens anteriores a dezembro havia incerteza sobre se a eleição seria de um único turno, com a filiação e Moro no Podemos e anúncio de sua candidatura, agora as pesquisas confirmam a vitória de Lula no primeiro turno. O Ipec (antigo Ibope), a Quaest Genial e o Datafolha corroboram essa hipótese de eleição de um turno apenas.

A desolação da bancada de comentaristas da Globo, no canal pago GloboNews, foi enorme nesta quinta-feira (16/12), após a divulgação dos novos números. Os lavajatistas da emissora ficaram com a voz embargada e olhos lacrimejaram.

Lula tem 59% contra 30% de Bolsonaro no segundo turno, diz Datafolha

Datafolha: Zé de Abreu e Família Passos Talquey? fazem marchinha para celebrar Lula no 1º turno

Lula e Alckmin dividem o “frango com polenta” durante jantar em São Paulo

O time da TV Globo reconheceu que a entrada do ex-juiz suspeito Sergio Moro na disputa ampliou a vantagem de Lula, que pode vencer no primeiro turno.

A segunda constatação dos comentaristas, pela boca de Gerson Camarotti, é que o eleitor tem “memória doce” da época de Lula, quando o desemprego era baixo e não existia fome.

Diante da confirmação da vitória de Lula na primeira etapa, de acordo com o Datafolha, a GloboNews “reconvocou” Fernando Luiz Abrucio, cientista político e professor da FGV-SP, para analisar o quadro eleitoral.

Na tarde de quarta (15/12), a bancada tinha sido deselegante e havia cortado o cientista político porque ele disse o que o Datafolha reafirmou hoje: Lula vence no primeiro turno.