Irresignado, Moro pode entrar na Justiça contra pesquisa de Alvaro

 Ipespe não divulgado estaria dando segundo turno entre Ratinho Junior e o ex-senador Roberto Requião

► Moro estuda requerer na Justiça Eleitoral para que o instituto Ipespe divulgue a pesquisa sobre a disputa pelo governo do Paraná

O k-suco ferveu nesta quinta-feira (07/07), em Curitiba, capital do Paraná.

O senador Alvaro Dias (PODE) divulgou hoje que ele tem 31% das intenções de voto para o Senado em uma pesquisa do Ipespe.

No levamantamento do Ipespe, o ex-juiz Sergio Moro (União) apareceu na segunda posição com 24%.

Detalhe: a pesquisa foi contratada pelo Podemos, partido de Alvaro.

Irresignado, Moro prepara os “cascos” para entrar na Justiça contra a pesquisa de Alvaro.

O site extremista O Antagonista relatou o chororô do ex-juiz.

Atuando como porta-voz de Moro, o Antagonista reclama que o TSE “deixa correr o vale-tudo das pesquisas” e que a maiora das sondagens foi encomendada por bancos e partidos. “O Ministério Público é silente.”

Na “petição” de Sergio Moro, aparecem as palavras-chave “distorção”, “responsabilidade”, “descrédito”, “dúvida”, “manipulações”.

Sentindo cheiro de enxofre vindo do Palácio Iguaçu, o ex-juiz Sergio Moro também estuda requerer na Justiça Eleitoral para que o instituto Ipespe divulgue a pesquisa sobre a disputa pelo governo do Paraná.

Embora a sondagem registrada também versava sobre a corrida pelo governo do estado, o Ipespe só mostrou a do Senado favorável a Alvaromotivo da irresignação de Moro.

De acordo com os bastidores, a pesquisa Ipespe foi “represada” porque seria desfavorável ao governador cessante Ratinho Junior (PSD).

O levantamento do Ipespe não divulgado estaria dando segundo turno entre Ratinho Junior e o ex-senador Roberto Requião (PT).

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

Leia também:

► Sumiço de pesquisa Ipespe revela que nem tudo são flores para Ratinho Junior no Paraná                  

► Requião: ‘Pesquisas internas nos asseguram que ganharemos o governo no 1º turno’