Gustavo Fruet e Arilson Chiorato nos bastidores da política

Gustavo Fruet: ‘PDT não vai com Bolsonaro nem Ratinho Junior no Paraná’

Google News

O deputado federal Gustavo Fruet (PDT) informou esta semana ao presidente estadual do PT, deputado Arilson Chiorato, que tem duas certezas nas eleições de 2022:

1- o PDT não vai com Bolsonaro; e

2- o PDT quer distância de Ratinho Junior no Paraná.

Nada que Fruet já não tenha falado em público.

No último sábado (07/05), sob a testemunha do presidenciável Ciro Gomes, Gustavo Fruet disse que é um “soldado do partido” e estaria à disposição para qualquer missão política. “Qualquer missão” [grifo do Blog do Esmael].

O PDT tem como prioridade a campanha presidencial de Ciro Gomes, que no último sábado esteve na capital paranaense no ato de filiação do ex-deputado Ricardo Gomyde.

Sobre a corrida ao Palácio Iguaçu, então, sobram duas alternativas para o PDT dentro do campo progressista:

1- candidatura própria; e

2- apoio a Roberto Requião.

Mas os pedetistas tendem a optar pela segunda alternativa, qual seja, coligação com Requião ao governo do Paraná.

Em sua conta no Twitter, o dirigente petista revelou o que discutiu na segunda-feira (09/05) com Fruet.

– Conversamos sobre a situação política, econômica e social do Paraná e do Brasil – disse Chiorato.

Em 2012, Fruet foi eleito prefeito de Curitiba com o apoio do PT.

No mês passado, durante uma entrevista à “Rádio T”, de Ponta Grossa, Requião deu uma explícita piscada para o deputado do PDT: ‘Fruet seria eleito hoje para o Senado‘.

Veja também  The Guardian chama de "obscenidade" a aglomeração do presidente Bolsonaro no Rio