Gustavo Fruet é o primeiro prefeito eleito do país a frear o metrô

Prefeito eleito de Curitiba pretende analisar alternativas e definir qual solução traz o melhor custo-benefício para a população; BRT, um sistema rápido de ônibus, pode ser a solução mais eficiente; em Salvador, ACM Neto também pode seguir o exemplo e abandonar o metrô da Avenida Paralela. Foto: BR247.
do Brasil 247

A eleição de novos prefeitos pode começar a alterar os projetos de mobilidade urbana, com vistas à  Copa do Mundo de 2014. Até recentemente, o lobby das empreiteiras vinha conseguindo impor projetos de metrô em várias cidades-sede como soluções emergenciais, quando há alternativas que transportam muito mais passageiros, por uma fração do custo. Uma delas é o BRT, sistema conhecido como Bus Rapid Transit, que revolucionou o sistema de transporte de cidades como Bogotá, na Colômbia.

Em Curitiba, que já tem um sistema modelo de transportes, o prefeito eleito Gustavo Fruet (PDT) foi o primeiro a questionar a imposição do metrô. Em entrevista, ele afirmou que pretende estudar a melhor alternativa. à‰ também muito provável, que, em Salvador, ACM Neto (DEM) pise no freio em relação ao projeto do Metrô na Avenida Paralela, substituindo o mesmo pelo sistema BRT.

Assista, abaixo, o depoimento de Fruet ao PrOnTV:

Veja também  Bolsonaro copia tática do golpe de Pinochet cooptando polícia e caminhoneiros

Comments are closed.