Guerra da energia: Richa e Gleisi travam duelo em palanque no Paraná

Frente a frente, o governador Beto Richa (PSDB) e a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, travaram nesta quarta-feira (12) um verdadeiro duelo acerca da redução da tarifa de energia. O confronto ocorreu em um palanque durante a inauguração da Usina Mauá, entre os municípios de Telêmaco Borba e Ortigueira.

Primeira a discursar, Gleisi havia dito que lamentava que o governo do Paraná não contribuísse ao país reduzindo a tarifa de energia.

Richa explicou que não participaria do projeto de redução da conta de luz para resguardar os interesses dos paranaenses e que daria garantia jurídica aos acionistas. Redução da tarifa sim, quebra de contrato jamais!, disse.

Beto Richa disse ainda que a proposta do governo federal, em reduzir a tarifa da energia, é demagógica e populista! e que ele defende o interesse do Paraná. O tucano afirmou também que, por estratégia, não baixa a tarifa porque tem viés político e que o Paraná não se deixará contaminar por isso (veja o vídeo).

Richa e outros dois governadores do PSDB !“ Minas Gerais e São Paulo !“ se opõem à  proposta da presidenta Dilma optaram de prorrogar os contratos de suas hidrelétricas. A medida do governo federal tem como objetivo reduzir em até 20,2% a tarifa da energia.

Atento aos discursos, o presidente da Itaipu Binacional, Jorge Samek, cravou essa: a campanha de 2014 já começou!.

Os comentários estão encerrado.