Genial/Quaest na Bahia: Lula 63% x 17% Bolsonaro

Jesus me abane!, teria exclamado ACM Neto ao saber da nova pesquisa presidencial Genial/Quaest na Bahia.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida presidencial na Bahia com 63% das intenções de voto.

A Bahia é quarto maior colégio eleitoral do país, atrás de Rio de Janeiro [3º], Minas Gerais [2º] e São Paulo [1º].

O presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) aparece apenas com 17%.

Ciro Gomes (PDT) tem 5%, e João Doria (PSDB) e André Janones 2% cada um. Simone Tebet tem 1%.

Na pesquisa espontânea, aquela em que não é apresentada uma lista de candidatos aos entrevistados, Lula subiu 5 pontos, passando de 40% para 45%.

Em segundo lugar, estão os indecisos — que eram 45% em março e agora são 38%. Bolsonaro conta com 13%, 2 pontos a mais do que no mês anterior.

Lula é o maior cabo eleitoral no estado da Bahia, afirma a pesquisa.

Do total de entrevistados, 46% disseram que mudariam seu voto para governador se o candidato fosse apoiado pelo ex-presidente Lula.

Só 15% afirmaram que mudariam o voto caso o padrinho fosse Bolsonaro.

De acordo com o levantamento da Genial, 31% dos baianos responderam que mudariam o voto se o candidato fosse apoiado pelo governador Rui Costa e 23% se o concorrente tivesse o aval do senador Jaques Wagner.

A força dos petistas fica patente em outro dado da pesquisa.

Na corrida ao governo baiano, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), lidera com 67%, ante 6% do petista Jerônimo Rodrigues, mas essa diferença cai para 47% a 34% quando o entrevistado é informado do apoio de Lula a Jerônimo.

A pesquisa Genial/Quaest ouviu 1.140 eleitores e foi realizada entre os dias 13 e 16 de maio de 2022. A margem de erro é de 2,9% para mais ou para menos. A sondagem está registrada no TSE sob os números BA-03239/2022 [governo] e BR-02283/2022 [presidente].

Veja também  Relator no TSE rejeita a cassação da chapa Bolsonaro e Mourão; placar é de 3 votos a zero