Flávio Dino sente vergonha alheia de Sergio Moro

O ex-governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), diz sentir vergonha alheia pelo ex-juiz Sergio Moro (União-SP).

– É constrangedor ver um colega ex-juiz federal dedicar-se a assassinar o Direito em tweets – diz Dino, que foi juiz federal entre 1994 e 2006.

Pré-candidato ao Senado, Flávio Dino é mestre em Direito Público (UFPE) e professor de Direito na UFMA (Universidade Federal do Maranhão).

– Falar em “inocentar no mérito”? Que maluquice é essa? – questionou o socialista.

– E agora dizer que existem “condenações em 3 instâncias” contra Lula? E a declaração de nulidade? – continuou Flávio Dino, sentindo vergonha alheia pelo ex-colega Sergio Moro.

Moro teve as sentenças contra Lula anuladas pelo Supremo Tribunal Federal, em abril do ano passado, e em abril a ONU também cravou que o ex-juiz da Lava Jato violou os direitos do ex-presidente Lula em julgamento parcial.

Depois que deixou a magistratura, Sergio Moro se filiou em partido político de direita e agora tenta se viabilizar candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo.

O ex-juiz busca a proteção da imunidade parlamentar, por isso ele é pré-candidato a uma cadeira ao Congresso Nacional.

Veja também  Milton Alves: Lama da corrupção de Moro atravessa ‘porta giratória’ e respinga na Rede Globo