FHC falando e um burro andando, quem tem mais importância?

Segundo a Paraná Pesquisas, o burro tem mais relevância que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Para 69,7% dos entrevistados, as análises de FHC nos jornalões não são importantes.

Um burro andando é menos importante do que a fala do tucano para 24,6% dos brasileiros, ainda de acordo com o instituto.

O apoio de FHC em 2018 só teria importância para 7,4% dos eleitores.

Resumo da ópera 1: FHC está mortinho da Silva.

Resumo da ópera 2: essa pesquisa é desdobramento da guerra intestina no PSDB nacional.

O levantamento da Paraná Pesquisas ocorreu entre os dias 09 a 13 de novembro de 2017. Foram entrevistados 2.442 brasileiros em 162 municípios de 26 Estados e o Distrito Federal. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Os comentários estão encerrado.