Fabiano Braga Côrtes morre aos 90 anos; Alep decreta luto oficial

O ex-deputado estadual Fabiano Braga Côrtes, nascido na Lapa, Paraná, foi uma figura importante na política paranaense, deixando um legado inegável, segundo testemunhos.

Seu falecimento, aos 90 anos, em Curitiba, marca o fim de uma era e liderança na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

jQuery(document).ready(function() { $(window).scroll(function () { var set = $(document).scrollTop()+"px"; jQuery('#float-banner').animate({ top:set }, { duration:1000, queue:false }); }); });

O atual da Alep, deputado Ademar Traiano (PSD), em nome da Mesa Executiva, lamentou profundamente a morte do ex-deputado estadual e ex-presidente da Casa, Fabiano Braga Côrtes, ocorrida neste sábado (13/1), em Curitiba, em decorrência de leucemia, e decretou luto oficial de três dias no Poder Legislativo.

“O Paraná perde um homem público que deu sua contribuição no Legislativo e no Executivo com retidão e eficiência. Fez muitos amigos por onde passou e deixou sua marca na Assembleia, na Câmara Federal e no governo do Paraná. Nossos mais sinceros sentimentos à família”, declarou Traiano.

O primeiro-secretário da Assembleia, deputado Alexandre Curi (PSD), também lamentou a morte do ex-parlamentar.

Economia

“Morreu hoje meu bom amigo Fabiano Braga Côrtes. Foi presidente na Assembleia Legislativa do Paraná.  Além de deputado estadual, foi também deputado federal e secretário de Estado. Fui vereador com dois filhos dele, Fabianinho (falecido) e Felipe Braga Cortes. Também fui vereador com a prima dele, Julieta Reis”, afirmou Curi.

Nascido na histórica cidade da Lapa, Côrtes iniciou sua jornada em uma família com fortes laços com a advocacia e a política.

Formado em Direito, sua carreira começou no cenário jurídico, mas logo se voltou para a política, onde sua paixão pela justiça e pelo desenvolvimento regional encontraram um palco para se manifestar.

O ápice de sua carreira política foi sem dúvida a presidência da Assembleia Legislativa do Paraná, entre os anos de 1979 e 1980.

Durante seu mandato, Côrtes implementou reformas significativas, trabalhando incansavelmente para fortalecer a transparência e a eficácia legislativa.

Seu mandato foi marcado por um estilo de liderança inclusivo, promovendo o diálogo e a colaboração entre diferentes setores da sociedade.

Sob sua liderança, a Alep vivenciou um período de transformações significativas – dizem parlamentares contemporâneos seus.

Eles testemunham ainda que Côrtes foi fundamental na introdução de políticas voltadas para a educação, saúde pública e infraestrutura, contribuindo para o progresso socioeconômico do Paraná.

Suas iniciativas de modernização legislativa e promoção da transparência governamental são lembradas como marcos na história política do estado.

O legado de Fabiano Braga Côrtes vai além de suas realizações políticas.

Ele é lembrado como um homem de visão, integridade e dedicação incansável ao serviço público.

Seu compromisso com o bem-estar dos paranaenses e com a promoção de um governo aberto e acessível continua a inspirar políticos e cidadãos.

Fabiano Braga Côrtes deixa um vazio na política do Paraná, mas seu legado perdurará, se reconfortam líderes de suas matizes política e ideológica.

Fabiano Braga Côrtes também foi deputado federal entre os anos 1983 e 1987.

Além disso, foi Chefe da Casa Civil do Governo do Paraná (1980-1981), diretor da Itaipu Binacional (1989-1992) e administrador da Itaipu Binacional (1995).

One Reply to “Fabiano Braga Côrtes morre aos 90 anos; Alep decreta luto oficial”

  1. Meu pai! Meu herói !
    Perfeito em pensamentos e ações!
    Gigante no amor!
    A cada segundo de minha vida te amarei mais!

Comments are closed.