Ex-primeiro-ministro Shinzo Abe morre após atentado a tiros no Japão

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, de 67 anos, morreu nesta sexta-feira (08/07), após atentado a tiros durante discurso na cidade de Nara, no oeste do Japão.

Um suspeito foi preso e uma espingarda, apreendida.

Abe, o primeiro-ministro mais antigo do país até renunciar em 2020 , foi levado de helicóptero para o hospital após o ataque. 

Foi o primeiro assassinato de um ex-primeiro-ministro japonês desde os dias do militarismo pré-guerra na década de 1930.

Em um discurso emocionado, o atual primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, disse que Abe liderou o país “com grande liderança” e que estava “sem palavras”.

– Tenho grande respeito pelo legado que Shinzo Abe deixou e presto as mais profundas condolências a ele – disse Kishida. Outros políticos japoneses expressaram choque com a violência em um país onde a violência política é rara e as armas são rigidamente controladas.

Imagens e relatos transmitidos pela mídia japonesa mostraram o discurso de Abe interrompido por dois estrondos – possivelmente de uma espingarda – e fumaça, com Abe tropeçando no chão após o segundo tiro.

O hospital que tentou salvá-lo disse que ele morreu às 17h03 (0803 GMT), cerca de cinco horas e meia depois de ser baleado. Um médico disse que Abe sangrou até a morte de duas feridas profundas, uma no lado direito do pescoço. Ele não tinha sinais vitais quando foi trazido.

Momentos após o tiroteio, membros da equipe de segurança de Abe lutaram com um homem no chão metros atrás do ex-primeiro-ministro. O suspeito vestia uma camisa cinza, calça marrom clara e tênis cinza. Seu rosto estava parcialmente obscurecido por uma máscara cirúrgica. Ele supostamente não tentou fugir antes de ser detido no local.

A polícia identificou o suspeito como Tetsuya Yamagami, um morador de 41 anos de Nara. De acordo com relatos da mídia local, a polícia disse que a arma que se acredita ter sido usada no ataque era caseira. Uma fotografia mostrava duas peças de metal cilíndricas que pareciam ter sido fortemente amarradas com fita preta na estrada perto da cena.

Abe, que esteve em Nara para fazer um discurso de campanha antes das eleições para a câmara alta deste domingo, era um político conservador conhecido por sua política “Abenomics” para tirar a terceira maior economia do mundo da deflação e por apoiar um papel mais proeminente para As forças armadas do Japão para combater as crescentes ameaças da Coreia do Norte e uma China mais assertiva.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.