Em editorial, Estadão revela que está à espera do Messias

O Estadão é uma piada pronta. E olha que esse jornalão já foi uma referência do pensamento da burguesia liberal do País.

Em seu editorial deste domingo (29/05), o jornalão paulistano afirma que está à espera do Messias nas eleições presidenciais de outubro.

O Messias, nesse caso concreto, é Jair Messias Bolsonaro.

– Centro democrático tem espaço para crescer, pois são muitos os brasileiros que não só rejeitam o populismo que atrasa o País, como anseiam por ideias racionais para o futuro – diz o texto.

Sem chance alguma a tal terceira via – rebatizada de “centro democrático” – esse movimento anti-Lula vai terminar agarrada ao saco de Bolsonaro, apesar do reconhecido [pelo Estadão] “fracasso do governo de Jair Bolsonaro (PL) é o dado mais concreto que pode ser extraído da última pesquisa Datafolha.”

Embora negue e se faça de valente contra o presidente cessante, o editorial do Estadão dá pistas de que na “escolha difícil” – entre Lula e Bolsonaro – ele permanecerá bolsonarista. A conferir.

Veja também  ONU convida Lula para discursar, após fiasco de Bolsonaro