Deu no New York Times: Biden pode jantar Trump ainda hoje à noite

Apesar de sua torcida pela vitória do democrata Joe Biden, o jornal The New York Times está bastante comedido. Porém a publicação prevê que o presidente Donald Trump poderá ser jantado ainda hoje à noite.

Com a presidência em jogo, diz o The Times, a contagem continua e a liderança de Biden em Nevada cresceu. O candidato democrata também avançou na Geórgia.

“Biden se aproxima de Trump, com um resultado final esperado para hoje”, registra o jornalão americano, que lembra serem necessários 270 votos no colégio eleitoral.

Segundo a Associated Press, agência especialista na cobertura de eleições presidenciais, o placar no colégio eleitoral está Biden 264 x 214 Trump.

Ou seja, o democrata está apenas a seis votos da presidência.

Em Nevada, Joe Biden ampliou ainda mais sua vantagem em um campo de batalha surpreendente com o republicano –que luta para ficar no cargo por mais 4 anos.

Já na Pensilvânia, Biden reduziu a vantagem de Trump com votos ainda pendentes.

No Arizona, a vantagem de Biden diminui, porém ele espera ampliar a vantagem esta noite.

Enquanto se trava uma guerra de nervos nas campanhas de Trump e Biden, as ruas dos principais centros dos EUA estão conflagradas.

Protestos de ambos os lados se espalharam pelos EUA enquanto os votos são contados.

Resumo da ópera: Trump, para vencer, além de garantir maioria em alguns estados ainda precisa anular judicialmente a vitória de Biden; só o tapete salva Donald.

PS: o verbo “jantar” é empregado neste texto no sentido de “levar vantagem sobre”; “superar”, “suplantar”, “derrotar”, “vencer”.

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/eleicoes-nos-eua-campanha-de-trump-deve-abrir-processo-para-contestar-votos-em-nevada/

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/bolsonaro-tenso-com-a-confirmacao-da-vitoria-de-biden/

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/eleicoes-nos-eua-governadora-alerta-para-violencia-generalizada-no-oregon/

https://www.esmaelmorais.com.br/2020/11/eduardo-bolsonaro-chora-ao-saber-da-derrota-de-donald-trump-nos-eua/