Deputados brancos seguram o feriado da Consciência Negra

O deputado Fernando Scanavaca (PDT) deu parecer contrário, na CCJ da Assembleia Legislativa, ao feriado estadual da Consciência Negra no Paraná.

Os deputados Péricles Mello (PT) e Luiz Claudio Romanelli (PSB) se insurgiram contra o parecer de Scanavaca.

Romanelli sacou outros pareceres, da UFPR e PGR, por exemplo, e apresentou voto em separado pela legalidade da matéria.

A proposta estipula 20 de novembro como Dia da Consciência Negra não atinge a iniciativa privada.

Na sessão da CCJ, vários parlamentares brancos pediram vista ao projeto da Consciência.

O colegiado volta a se reunir na próxima terça-feira, dia 11 de julho.

A Assembleia Legislativa não tem sequer um deputado negão.

Assista ao vídeo:

Veja também  PT destaca o ocaso do ex-juiz suspeito Sergio Moro como grande acontecimento de 2021

Comments are closed.