Deltan Dallagnol volta à cena do crime ao sinalizar apoio à reeleição de Jair Bolsonaro [vídeo]

O ex-procurador Deltan Dallagnol (PODE-PR) voltou à cena do crime ao sinalizar pelo apoio à reeleição do presidente cessante Jair Bolsonaro (PL).

Pré-candidato a deputado federal, Deltan publicou vídeo nesta segunda-feira (27/06) dizendo que não gosta do atual governo, mas que o medo de Lula e do PT é maior.

– Por mais que eu não goste de muitas atitudes do atual governo, simplesmente não há nada pior e mais ameaçador para o futuro do Brasil do que o PT – disse o ex-coordenador da Lava Jato, que ataca afirmando que os petistas e Lula estão voltando para a cena do crime.

Deltan usa a máxima segunda qual ‘acuse-os do que você faz, chame-os do que você é’.

De acordo com mensagens da Operação Spoofing, que anularam as condenações de Lula no STF, Deltan e o ex-juiz Sergio Moro (União-PR) cometeram crimes para tirar o ex-presidente Lula da disputa presidencial de 2018.

Sergio Moro derrota Alvaro Dias na pesquisa DataUniversal

Há quatro anos, com a prisão ilegal de Lula, Jair Bolsonaro venceu a disputa de presidente. Ato contínuo, Moro foi agraciado com o cargo de Ministro da Justiça.

Agora, o anunciado apoio de Deltan a Bolsonaro não surpreende. Ele está voltando à cena do crime.

A Lava Jato apoiou Bolsonaro em 2018 contra a eleição de Fernando Haddad.

O Podemos, partido de Deltan, não tem candidato a presidente. Logo, o ex-procurador está livre para abraçar a candidatura de Bolsonaro.

Crendiospai!

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

Assista ao vídeo: