Deltan Dallagnol usou indevidamente fundo partidário, denuncia o PT

O Partido dos Trabalhadores (PT) vai protocolar nesta quarta-feira (03/08) representação contra o ex-procurador Deltan Dallagnol, pré-candidato a deputado federal pelo Podemos do Paraná, por uso indevido do fundo partidário. [Abaixo, a agreamiação descreve o possível ilícito.]

O PT convocou uma coletiva de imprensa, na manhã de quinta (04/08), para explicar o que a agremiação considera flagrante ilegalidade, bem como declinar o modus operandi e o valor usado indevidamente do fundo partidário do Podemos.

Os dirigentes petistas prometem apresentar um powerpoint sobre o Caso Deltan Dallagnol durante a coletiva.

Os petistas dizem que “DD”, como é conhecido o ex-coordenador da Lava Jato, gosta de um fundo como ninguém.

Na época da força-tareça, Deltan tentou formar um fundo de R$ 2,5 bilhões com dinheiro da Petrobras para supostamente combater a corrupção.

O procurador-geral da República Augusto Aras e vários ministros do Supremo Tribunal Federal travaram o que eles classificavam como ‘fundo megalomaníaco e ilegal de Deltan Dallagnol’.

Ato contínuo, após deixar o MPF para assumir de vez a política, Deltan organizou outro fundo para supostamente pagar multas favoráveis ao ex-presideente Lula (PT).

Comunicado oficial da Federação Brasil Esperança sobre o Caso Deltan:

FE BRASIL DA ESPERANÇA NO PARANÁ ENTRA COM MEDIDA JUDICIAL POR INVESTIGAÇÃO DE SUSPEITA DE CAIXA 2 E APROPRIAÇÃO INDÉBITA POR DELTAN DALLAGNOL

A Federação Brasil da Esperança no Paraná, composta por PT, PCdoB e PV, entrou hoje com uma medida cautelar junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, com o objetivo de trazer transparência aos gastos de pré-campanha do candidato Deltan Dallagnol (Podemos), após a apuração de possíveis irregularidades.

Suspeita-se que Deltan esteja utilizando um escritório de advocacia recém-constituído por seu ex-estagiário, Matheus Rios do Carmo, para pagamento das despesas pessoais do ex-procurador com recursos públicos do fundo partidário.

Foi apurado que o referido escritório não tinha praticamente nenhuma atuação judicial, nenhuma especialidade ou experiência com direito eleitoral e mesmo assim recebeu cerca de R$ 100 mil do partido, quando este já tinha advogados constituídos. Lembrando que Deltan Dallagnol é também o vice-presidente do partido no estado.

Ainda, a Federação apurou que esta ligação pessoal entre o advogado e Deltan acontece, inclusive, na pré-campanha, já que o site pessoal de Deltan pertence a uma empresa de som automotivo do irmão do advogado, com sede em Curitiba.

Assim, o objetivo da ação, neste momento, é que Deltan, o Podemos e o advogado em questão apresentem todos os documentos em notas fiscais que demonstrem a regularidade de sua movimentação financeira. Se esta regularidade não for constatada, novas medidas serão tomadas para a devida apuração do ocorrido e punição dos envolvidos.

Coletiva de Imprensa

A FE Brasil da Esperança – Paraná, composta por PT, PCdoB e PV, convida os profissionais de imprensa para coletiva a ser realizada às 9h na sede do Partido dos Trabalhadores do Paraná para prestar esclarecimentos a respeito da medida cautelar apresentada pela Federação com o objetivo de trazer transparência aos gastos de pré-campanha do candidato Deltan Dallagnol (Podemos), haja visto que foram apuradas possíveis irregularidades na contratação de serviços.

TEMA: FE BRASIL DA ESPERANÇA NO PARANÁ ENTRA COM MEDIDA CAUTELAR PARA ESCLARECER POSSÍVEIS IRREGULARIDADES NA PRÉ-CAMPANHA DE DELTAN DALLAGNOL

DATA: 04/08 – Quinta-feira
HORÁRIO: 9h
ENDEREÇO: Alameda Princesa Isabel, 160 – São Francisco, Curitiba – PR
CONTATO: 41 98775-2427 – [email protected] I Falar com Gabriel

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

LEIA TAMBÉM

URGENTE: Ratinho Jr. perde apoios do PROS e Avante para Requião

Pesquisa Genial/Quaest: Lula vence no primeiro turno

Alvaro Dias está treinando para falar “companheiro” até sexta-feira

É falso que a Globo “afrouxou” para Lula; entenda essa ilusão

O Antagonista, apoiador de Moro, afirma que “Lula já está eleito”