Delações causam frouxos intestinais na ALEP

O medo de delações voltou a causar frouxos intestinais na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

Como se não bastasse a delação premiada que o proprietário da Valor Construtora Eduardo Lopes de Souza, deputados estaduais agora suam frio com a possibilidade de um parlamentar dar com a língua nos dentes.

Na semana que passou, o STF recebeu denúncia contra o deputado federal licenciado Valdir Rossoni (PSDB) — atual chefe da Casa Civil. O tucano presidiu a ALEP entre 2011 e 2014.

Pelo sim pelo não, a mesa executiva da Assembleia encomendou ao “Alfreeeeedo” um lote extra de papel higiênico.

Veja também  Enquete: quem é o "Judas" do Brasil?

Comments are closed.