De que lado está Bolsonaro, dos russos ou dos ucranianos?

O presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) visitou seu homólogo russo Vladimir Putin, em fevereiro, nas vésperas da guerra contra a Ucrânia.

Dito isso, o inquilino do Palácio do Planalto irá conversar nesta segunda-feira (18/07) com o presidente Ucraniano, Vlodimir Zelensky.

Bolsonaro, conhecido como “Mick Jagger” da política, disse que o teor da conversa será segredo de Estado.

– Eu não sei o que ele (Zelesnky) vai falar comigo, né? Mas eu pretendo falar para ele o que que eu acho, né? Se perguntar para mim alguma coisa, onde podemos colaborar, eu vou dar a minha opinião, já que só vou dar se ele pedir. Isso não pode vazar, é segredo de Estado, assim como a minha conversa com o Putin, levou três horas, falamos muita coisa – disse o presidente Bolsonaro.

Nas últimas horas, Zelensky demitiu seu chefe de segurança do Estado e o procurador-geral sob acusação de traição nacional.

Jair Bolsonaro também disse que a ligação deve ser acompanhada apenas pelo ministro das Relações Exteriores, Carlos França, e um intérprete.

O “Mick Jagger” brasileiro falou em “dar a solução para a guerra” a Zelensky.

Zelensky e Bolsonaro tem mais semelhanças do que imaginar a vã filosofia. Eles surgiram para a política a partir de um picadeiro e têm dificuldades de descer desse circo.

Afinal de contas, de que lado está Bolsonaro? Dos russos ou dos ucranianos?

A conferir.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.