Datafolha: 83% dos brasileiros querem Diretas Já

Até o Datafolha, que é do grupo Folha, sucumbiu à realidade: 83% dos eleitores brasileiros querem realização de eleições diretas para presidente, com a saída do ilegítimo Michel Temer.

Apenas 12% se dizem a favor de que o Congresso Nacional, pela via indireta, escolha o sucessor de Temer.

A Folha, juntamente com o corrupto Sistema S, é o pilar da sustentação do Tinhoso a partir da burguesia do estado de São Paulo.

O levantamento revela também que 76% dos brasileiros querem que Temer renuncie ao cargo, enquanto 20% defendem a permanência do peemedebista.

Para 65%, o melhor para o País é que Temer deixe o Palácio do Planalto imediatamente, contra 30% que defendem que ele termine o mandato.

Fora Temer

Pelo sim pelo não, nesta semana, a CCJ do Senado aprovou a possibilidade de revogação do mandato presidencial a partir da vontade popular.

A proposta original, do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), definia a possibilidade de “recall” também para governadores, prefeitos, senadores e deputados.

Antes, no dia 31 de maio, a mesma CCJ havia aprovado por unanimidade a PEC das Diretas Já.

Mais rejeitado

Michel Temer é o mais rejeitado da História, dentro da margem de erro, segundo o Datafolha. Apenas 7% dos brasileiros aprovam o ilegítimo. É o pior conferido a um presidente desde a redemocratização do país em 1985, ou seja, há 32 anos.

Sobre o Datafolha

A pesquisa da Datafolha foi realizada entre os dias 21 e 23 de junho, com 2.771 entrevistados em 194 cidades. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Veja também  Datafolha vê briga de família em Recife: João Campos, 26%; Marília Arraes, 17%

Comments are closed.