CPI da Funai abre guerra no Congresso

Deputados federais do PSOL, PPS, PT E PSB entregam nesta terça-feira (16) relatório alternativo ao do deputado Nelson Leitão (PSDB-MT), relator da CPI da Funai.

Segundo os parlamentares desses quatro partidos — PSOL, PPS, PT e PSB — o texto de Leitão retira direitos indígenas e quilombolas, além de atacar e criminalizar aos movimentos sociais, organizações indigenistas e quilombolas.

O relatório alternativo da CPI da Funai relata irregularidades no processo de condução da comissão que, para a oposição, foi marcado pela posição ideológica dos ruralistas e resgata situações de violações aos direitos de povos indígenas, quilombolas e comunidades camponesas.

De acordo com o Mídia Ninja, o maiores interessados, os povos indígenas, foram barrados na porta do Congresso Nacional.

Pode isso?

PS: a reunião da CPI da Funai foi suspensa com o início da ordem do dia no plenário da Câmara.

Veja também  Tico Kuzma: Dialogo, logo existo