Aprovada a reforma da Previdência na comissão especial; falta votar destaques

Enquanto Globo e juiz Sérgio Moro distraem o distinto público com a questão José Dirceu, o país segue sendo vendido pelo ilegítimo Michel Temer.

A Comissão Especial da Reforma da Previdência (PEC 287/16) aprovou por 23 a 14 o relatório do deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).

Encaminharam voto contrário, o PT, PSB, PDT, SD, PCdoB, PHS, PSOL, PROS e REDE. Agora, serão votados os destaques ao texto.

Com informações da Agência Câmara.

Veja também  URGENTE: PDT fecha questão contra a PEC dos Precatórios [ao vivo]

Comments are closed.