Com a adesão do Pará, maioria dos governadores é contra liberação de armas

Governadores de 14 estados do Brasil assinam uma carta contra o decreto de Bolsonaro e Moro que libera o porte de armas e a compra de munição. Eles pedem a “imediata revogação” do dispositivo. “Julgamos que as medidas previstas não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros”, afirmam.

Hoje pela manhã eram 13 governadores. Porém, Flávio Dino (PCdoB-MA) anunciou a adesão do Hélder Barbalho (MDB), governador do Pará, ao documento.

Confira:

Leia a carta dos governadores: