‘Com 70% de rejeição, Greca empata com Richa’, diz Paraná Pesquisas

O prefeito de Curitiba Rafael Greca (PMN) é o pior avaliado dentre os demais prefeitos de capitais no país com 70% de rejeição, diz levantamento da Paraná Pesquisas.

A sondagem entrevistou 811 eleitores na capital paranaense entre os dias 26 e 28 de junho. A margem de erro é de 3,5 pontos.

O alcaide curitibano está ‘tecnicamente empatado’ com o governador Beto Richa (PSDB), desaprovado por 71% dos paranaenses, segundo o mesmo instituto.

Há dois anos consecutivos, o tucano também lidera a condição de pior governador do país.

Nos últimos dias, Greca precisou recorrer à violência da polícia militar para reprimir servidores municipais que eram contrários ao pacotaço retirando direitos, confiscando previdência e aumentando impostos.

O prefeito de Curitiba ganhou a guerra na Câmara Municipal, mas perdeu a batalha da comunicação para os sindicatos do funcionalismo público.

Greca palmilha as mesmas pegadas de seu criador — Beto Richa — carregando na barriga os mesmo vícios e erros deste segundo mandato do governador do Paraná.

O diabo é que Greca queima com uma velocidade incrível o capital político que não dispõe. Ele foi eleito por apenas 1/3 do eleitorado curitibano, descontando os contrários e ausentes nas eleições de 2016. Portanto, no curtíssimo prazo, a situação do prefeito pode se agravar mais que a do governador Richa.

Veja também  Reprovação ao governo Bolsonaro cresce em 2021 e chega a 52%, mostra pesquisa

Comments are closed.