Cassação de Temer avança no TSE

O empreiteiro Marcelo Odebrecht está sendo ouvido nesta quarta (1º) pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjami.

Odebrecht é testemunha na ação em que o PSDB pede à Justiça Eleitoral que casse a chapa Dilma-Temer por suposto abuso de poder político e econômico durante a eleição presidencial de 2014.

O depoimento “secreto” está sendo tomado na sede do TRE-PR, em Curitiba.

O ministro do TSE, reiteradas vezes, tem dado sinais de que pedirá cassação da chapa.

Entretanto, há ainda “serviços sujos” para que o ilegítimo faça: reformas da previdência (fim da aposentadoria) e trabalhista (precarização da mão de obra).

Após a retirada de direitos dos trabalhadores e dos velhinhos, segundo o ex-deputado Eduardo Cunha, a tendência é que a cúpula do PMDB lhe faça companhia em Curitiba.

Cunha foi preso pela Lava Jato em outubro de 2016.

Comments are closed.