Caso Renato Freitas: Ana Júlia, suplente do PT, assume às 14h de hoje na Câmara de Curitiba

► Suplente do PT, Ana Julia será empossada vereadora de Curitiba às 14h desta segunda-feira

► Nova parlamentar ocupará a vaga aberta com a cassação de Renato Freitas pelo plenário

A estudante universitária Ana Julia Ribeiro será empossada nesta segunda-feira (04/07) como vereadora da capital do Paraná.

Suplente do Partido dos Trabalhadores (PT), ela assume a vaga aberta com a cassação do mandato de Renato Freitas pelo plenário da CMC.

Ela será a vereadora mais nova da atual legislatura, com 22 anos de idade, e fará desta bancada feminina a maior da história da Câmara de Curitiba, que pela primeira vez terá nove mulheres vereadoras exercendo simultaneamente seus mandatos parlamentares.

Ana Julia é estudante universitária, cursando Direito na PUC-PR e Filosofia na UFPR.

Ela foi uma das lideranças estudantis secundaristas durante as ocupações dos colégios estaduais, em 2016, em oposição à Reforma do Ensino Médio e à Emenda Constitucional 95/2016.

Nessa época, na Assembleia Legislativa do Paraná, então com 16 anos de idade, Ana Julia fez uma fala aos deputados estaduais em defesa das ocupações que a tornou bastante conhecida.

Desde então, envolveu-se em campanhas pela erradicação do trabalho infantil e está associada à Associação Brasileira de Juristas pela Democracia.

A cassação do mandato do vereador Renato Freitas foi confirmada, em segundo turno, pelo plenário da Câmara de Curitiba, por 25 a 5 votos, no dia 22 de junho.

Na ocasião, foi aprovado um projeto de resolução que consolidava o entendimento do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar a respeito do Processo Ético Disciplinar 1/2022, de que Freitas quebrou o decoro parlamentar ao perturbar culto religioso e realizar ato político dentro da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos em fevereiro deste ano.

O ex-senador Roberto Requião, pré-candidato do PT ao governo do Paraná, pelo Twitter, comentou a posse de Ana Júlia.

– Ana Júlia assume hoje a câmara de vereadores de Curitiba substituindo Renato Freitas. Ana Júlia está preenchendo uma vaga esperando que a justiça restabeleça o mandato roubado de Renato – disse. “Ana representa Renato, e seus próprios eleitores, mantém a posição!”