Câmara inicia hoje votação da reforma da previdência

A comissão especial da reforma da previdência na Câmara dos Deputados deve votar nesta quarta-feira (3) o parecer do deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA) que põe fim às aposentadorias e pensões dos brasileiros.

A votação do texto está marcada para as 10h30 de hoje e o leitor poderá acompanhá-la aqui no Blog do Esmael.

O governo Michel Temer (PMDB) jura que já tem 23 ante 19 votos necessários no colegiado, mas teme o passo seguinte: a Comissão de Constituição e Justiça, onde o grau de resistência é maior à PEC 287/16.

A estratégia do Palácio do Planalto é aproveitar o embalo da votação que aprovou na semana passada a reforma trabalhista, a qual também retira direitos e garantias dos trabalhadores, bem como precariza a mão de obra.

O governo teme mais ainda o plenário da Câmara, pois a modificação da Constituição exige quórum qualificado de 308 deputados. Nessa matéria, Temer não tem a segurança da aprovação.

A proposta consiste na idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres que forem se aposentar pelo INSS. O texto ainda estabelece 40 anos de contribuição ininterrupta do trabalhador (o texto inicial exigia 49 anos).

Veja também  Haddad, Dino e Requião fazem conferência “privada” neste sábado