Bolsonaro tem 60% de rejeição enquanto governo é reprovado por 53%

Bolsonaro tem 60% de rejeição enquanto governo é reprovado por 53%

O presidente Jair Bolsonaro (PL) perderia de todos os candidatos adversários, se houvesse segundo turno nas eleições de 2022.

Segundo a pesquisa Datafolha, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está com a mão na taça. Só não leva o título se for roubado por algum juiz ladrão.

Dito isso, Bolsonaro, o mais competitivo dos adversários de Lula tem o governo reprovado por 53% dos brasileiros. Confira os números:

  • Ótimo/bom: 22% (eram os mesmos 22% em setembro)
  • Regular: 24% (eram 24%)
  • Ruim/péssimo: 53% (eram 53%)
  • Não sabe: 1% (era 1%)

O Datafolha ouviu 3.666 eleitores em 191 cidades, entre os dias 13 e 16 de dezembro.

Lula tem 59% contra 30% de Bolsonaro no segundo turno, diz Datafolha

Datafolha: Zé de Abreu e Família Passos Talquey? fazem marchinha para celebrar Lula no 1º turno

Datafolha: Lula 48%, Bolsonaro 22%, Moro 9% e Ciro 7%; petista vence no primeiro turno, diz pesquisa

Não é só o governo é mal avaliado, de acordo com a sondagem. Bolsonaro também tem a maior rejeição –que é quando o entrevistado diz que não votaria de jeito nenhum.

Confira esse ranking da rejeição:

  • Bolsonaro: 60%
  • Lula: 34%
  • Doria: 34%
  • Ciro: 26%
  • Moro: 30%
  • Pacheco: 17%
  • Rebelo: 16%

O Datafolha avalia e a torcida do Flamengo avaliam que a rejeição do presidente Jair Bolsonaro é vincada crise econômica, desemprego, inflação alta, volta da fome e da miséria, perda de direitos dos trabalhadores, privatizações, negacionismo, dentre outras patifarias. O governo tentará levantar a pipa do mandatário com o novo Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família.