Bolsonaro recebe hoje Fachin e Alexandre de Moraes

Daqui a pouco, às 11h30, o presidente Jair Bolsonaro (PL) receberá em Palácio do Planalto os ministros Edson Fachin, vice-presidente do TSE, e Alexandre Moraes, xerife no STF.

A despeito da falsa polêmica entre Bolsonaro e os tribunais superiores, alimentada pela velha mídia corporativa, os magistrados chegarão ao encontro na hora do almoço. Eles ainda poderão filar um rango, um frango com farofa.

Para o consumo externo, Moraes e Fachin se reunirão com o mandatário para convidá-lo para a cerimônia de posse de Fachin na presidência do Tribunal Superior Eleitoral.

Terrivelmente lavajatista, Fachin vai substituir o ministro Luis Roberto Barroso.

O ministro Alexandre de Moraes será o novo vice-presidente do TSE durante as eleições.

O encontro de logo mais será testemunhado pelo Advogado-Geral da União, Bruno Bianco, e pelo Subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência da República, Pedro Cesar Sousa.

Alexandre de Moraes e Edson Fachin juram que cruzarão a Praça dos Três Poderes, em Brasília, somente para entregar o convite para a solenidade de posse no TSE.

A cerimônia virtual será no dia 22 de fevereiro. O mandato à frente do TSE é de dois anos.