Bolsonaro é uma "canoa furada", dizem membros do Centrão, que preparam desembarque

Bolsonaro é uma “canoa furada”, dizem membros do Centrão, que preparam operação desembarque

Google News

“Se a canoa não virar,
Olê olê olê olá
Eu chego lá”
[Marcha do Remador, de Emilinha Borba]

A marchinha de carnaval não previu a situação em que a canoa estive furada. Nem os membros do famigerado Centrão, que, segundo os bastidores da política em Brasília, estudam desembarcar do governo Jair Bolsonaro (sem partido).

Para os parlamentares do Centrão, que sustentam o governo no Congresso Nacional, Bolsonaro é uma verdadeira “canoa furada” e eles não veem futuro eleitoral do mandatário. Pelo contrário. Pragmáticos, eles desejam ingressar na canoa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com todos os institutos de pesquisas sérios do país, o petista vence a disputa já no primeiro turno. Os levantamentos também deixam claro que não haverá espaço para aventuras de terceira via ou algo do gênero. O que significa, na prática, forjou-se uma frente ampla para derrotar as estultices de Bolsonaro.

Nos bastidores, cogita-se a saída do PP do governo e o ministro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira (PP-PI), recém-nomeado, deixaria o cargo nos próximos dias para concorrer ao governo do Piauí com o apoio do PT. Note que Nogueira sempre foi aliado dos petistas no Nordeste, onde Lula realiza caravana há uma semana.

A operação desembarque não é uma exclusividade do Centrão, diga-se de passagem. O Blog do Esmael anotou na semana que passou —além do comichão de Ciro Nogueira— que o PDT também vive momentos delicados. Na sexta-feira (20/08), o senador Weverton Rocha, do Maranhão, homem de confiança de Carlos Lupi [presidente nacional do PDT] deflagrou a “operação desembarque” da candidatura de Ciro Gomes.

Weverton, ex-líder do PDT no Congresso, deu as mãos a Lula e deixou-se fotografar para imortalizar sua escolha política.

C’est la vie!“, como dizem os franceses –destacando o sotaque parisiense.

Leia também

Ciro Nogueira sente comichão com chegada de Lula ao Piauí; Bolsonaro teme ser chifrado pelo Centrão no Nordeste

Cotado para vice, Flávio Dino recebe ex-presidente Lula no Maranhão

PT articula os governadores Rui Costa e Camilo Santana para o Senado

Centrão vai colocar um pé na canoa de Bolsonaro e outro pé na canoa de Lula em 2022

Centrão pode fraquejar com volta de Lula ao cenário de 2022

Ciro Gomes rumo a Paris em 2022