Bolsonaro culpa a vítima que foi assassinada por bolsonarista em Foz do Iguaçu

► Presidente amplia discurso do ódio após assassinato de Marcelo Arruda

O presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) colocou a culpa na vítima, Marcelo Arruda, dirigente do PT, que foi assassinado por um bolsonarista em Foz do Iguaçu.

Pelo Twitter, Bolsonaro acusou neste domingo (10/07) a “esquerda” de acumular um histórico inegável de episódios violentos [sic].

Ele não citou o caso em concreto, em Foz, em que um apoiador seu matou a tiros dirigente do PT iguaçuense que comemorava 50 anos.

Segundo o presidente, passando por cima do cadáver de Marcelo Arruda, disse que é a esquerda que dá facada e que cospe nos adversários.

Para Bolsonaro, ainda sem citar que um bolsonarista invadiu uma festa de aniversário, disse que caluniadores agem como urubus para tentar prejudicá-lo 24 horas por dia.

Em nenhum momento, na manifetação, Bolsonaro se solidarizou com a famíia do guarda municipal, tesoureiro do PT, assassinado na madrugada de hoje.

► Violência bolsonarista será tema de debate no Blog do Esmael nesta segunda-feira, às 15 horas

► Só o povo trabalhador na rua derrota a escalada do fascismo bolsonarista!

► Requião põe na conta de Bolsonaro e Ratinho Junior assassinato de dirigente do PT no Paraná

► Intolerância política: Bolsonarista mata tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu (PR)

A seguir, leia a íntegra da manifestação de Jair Bolsonaro:

– Independente das apurações, republico essa mensagem de 2018: Dispensamos qualquer tipo de apoio de quem pratica violência contra opositores. A esse tipo de gente, peço que por coerência mude de lado e apoie a esquerda, que acumula um histórico inegável de episódios violentos.

– É o lado de lá que dá facada, que cospe, que destrói patrimônio, que solta rojão em cinegrafista, que protege terroristas internacionais, que desumaniza pessoas com rótulos e pede fogo nelas, que invade fazendas e mata animais, que empurra um senhor num caminhão em movimento.

– Falar que não são esses e muitos outros atos violentos mas frases descontextualizadas que incentivam a violência é atentar contra a inteligência das pessoas. Nem a pior, nem a mais mal utilizada força de expressão, será mais grave do que fatos concretos e recorrentes.

– Que as autoridades apurem seriamente o ocorrido e tomem todas as providências cabíveis, assim como contra caluniadores que agem como urubus para tentar nos prejudicar 24 hora por dia.

Antes não tivesse falado nada o presidente da República.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.