Bolsonaro chama Zé Trovão para nova cruzada contra a Petrobras

► Abaixo, assista ao vídeo de Zé Trovão puxando as tetas de Bolsonaro

O diesel subiu? Chama o Zé Trovão.

É assim que o presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) está lidando com os aumentos abusivos praticados pela Petrobras.

O inquilino do Palácio do Planalto convocou o ex-caminhoneiro para fazer uma mobilização contra a estatal no próximo dia 27 de junho.

A ideia de Bolsonaro é tocar o berrante para os caminhoneiros, porém o presidente da República não indica que mudará a política de paridade de preço internacional, a dolarização, que eleva o valor do diesel, da gasolina, do etanol e do gás de cozinha.

Enquanto Bolsonaro continuar brincando com a inteligência dos consumidores, os combustíveis continuarão a subir pornograficamente.

Requião: gasolina vai continuar subindo porque Bolsonaro ainda não renunciou

Bolsonaro pedeu seu último “álibi” com renúncia do presidente da Petrobras

Novo aumento dos combustíveis provou que problema não era ICMS, mas o governo Bolsonaro

Zé Trovão esteve foragido no México, no ano passado, após o fracasso da manifestação de 7 de setembro contra o STF e o Congresso Nacional. Ele é pré-candidato a deputado federal pelo PL no estado de Santa Catarina.

Bolsonaro admite greve de caminhoneiros contra a Petrobras, empresa que ele manda, que ele controla.

A União detém a maioria das ações ordinárias com direito a voto na estatal de petróleo.

Os acionistas e especuladores permancem sugando a energia da Petrobras.

Bolsonaro chamou Zé Trovão para divertir o distinto público e deixar tudo como está.

Na verdade, o ex-líder dos caminhoneiros planeja [a pedido de Bolsonaro] um “locaute” – greve dos patrões – contra a companhia petrolífera brasileira.

Resumo da ópera: a melhor maneira de reduzir o preço dos combustíveis é trocando o presidente da República, qual seja, demitindo Jair Bolsonaro na eleição de outubro.

Veja também  Joice Hasselmann põe em dúvida facada em Jair Bolsonaro na eleição de 2018

Assista ao vídeo de Zé Trovão – puxando as tetas de Bolsonaro: