AO VIVO: Senado debate reforma trabalhista

A oposição se declarou em obstrução na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), no Senado, para não registrar a presença e evitar o quórum necessário para a apresentação do relatório da reforma Trabalhista.

Os parlamentares oposicionistas dizem que não há clima para votação do relatório, pois, segundo eles, a reforma trabalhista vai agravar a crise política no país.

O presidente da CAE, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), entretanto, afirmou que é importante “dar andamento aos trabalhos para mostrar ao país que o Legislativo está funcionando”.

As reformas previdenciária e trabalhistas são pautas econômicas defendida pela Globo e rentistas, que, para acumular ainda mais, precisam retirar direitos dos trabalhadores escravizando-os com a precarização da mão de obra.

As ditas reformas são a conditio sine qua non que a burguesia e a banca financeira impuseram para a continuidade de Michel Temer no cargo. Sem a retirada de direitos do povo brasileiro, o ilegítimo cai, abatido pela luta entre capital e trabalho.

Relatório prevê veto a trechos do texto que veio da Câmara.

Em outra comissão do Senado, a CDH, Renan Kalil, do Ministério Público do Trabalho, apresentou pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), apontando que 73% dos empresários creem que a reforma não gerará empregos.

Assista ao vivo à sessão da CAE:

Veja também  Bolsonaro tem medo de ser preso, diz Lula

Comments are closed.