Em Curitiba, André Vargas debate no MP fim de superpoderes para promotores públicos

Vargas entra nas polêmicas indígenas e da PEC 37, que tira poder de polícia do MP.
Vargas entra nas polêmicas indígenas e da PEC 37, que tira poder de polícia do MP.
O deputado federal André Vargas (PT-PR), na condição de presidente da Câmara dos Deputados, estará em Curitiba, nesta segunda-feira (10), em audiência no Ministério Público Federal, Rua Marechal Deodoro, 933, Centro, para debater as questões indígenas e a polêmica PEC 37 que trata do poder de investigação das polícias x MPs.

Vargas defende tirar poderes de promotores públicos. Segundo ele, as polícias federal e civil, assim como a militar, já têm poderes de investigação e cabe a essas instituições executar este tipo de trabalho e tomar medidas cabíveis, quando isso se faz necessário.

Um promotor não pode ser valente com prefeito de cidade pequena e não ser valente com prefeito da Capital!, diz o presidente da Câmara.

Vargas atenderá a imprensa em entrevista coletiva à s 10h, na sede do Ministério Público Federal.

Os comentários estão encerrado.