Abraham Weintraub promete jogar m… no ventilador de Bolsonaro; acompanhe ao vivo

► Na disputa pelo governo de São Paulo, ex-ministro da Educação teria a função política de “ajudar” o ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas

O ex-ministro da Saúde, Abraham Weintraub, pré-candidato ao governo de São Paulo pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB), prometeu jogar m… no ventilador do presidente Jair Bolsonaro (PL), neste domingo à noite, durante uma live nas redes sociais.

Xingaram meu pai de Maconheiro e minha mãe de Prostituta – disse Weintraub. “Falam que sou oportunista, traidor, palhaço, etc.”

Segundo o pré-candidato do PMB há participação do gabinete do ódio nos ataques que ele e sua família estão sofrendo.

– E há participação do topo/Palácio – assegura, olhando em direção ao “ex-aliado” Bolsonaro.

– Cansei! Vou contar detalhes que chocarão a imensa maioria – ameaçou o ex-ministro da Educação.

– Hoje! A cobra vai fumar! O canal está aberto para o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) participar, caso ele tenha coragem – disse Weintraub.

Apesar do aparente clima belicoso, nos bastidores da política dizem que tudo não passa de teatro.

A pré-candidatura de Abraham Weintraub na disputa pelo governo de São Paulo teria a função política de “ajudar” o ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas (Republicanos), pupilo do presidente Bolsonaro.

O objetivo seria tirar de Tarcísio a pecha de candidato “extremista” que adversários tentam colar nele, tal qual tentou – com certo êxito – Marine Le Pen, a candidata extremista derrotada na França.

No Partido da Mulher Brasileira, Weintraub quer ser o “Eric Zemmour” na eleição pelo governo de SP.

Com posições de extrema-direita, Zemmour fez a candidata Le Pen parecer “moderada”.

Acompanhe ao vivo

Veja também  Neymar Jr. entra na lista dos maiores devedores da Espanha