61 senadores enterram a reforma da previdência

A CPI da Previdência reuniu assinaturas de 61 senadores, 34 a mais que as 27 necessários para instalar as comissões de investigações no Senado.

Na prática, os 61 senadores antecipam o velório da reforma da previdência (fim da aposentadoria) pretendida pelo ilegítimo Michel Temer (PMDB).

Além de representar uma derrota para o golpe, a CPI da Previdência também significa um nítido enfraquecimento do “todo-poderoso” ministro dos bancos Herinque Meirelles.

Nesta terça-feira (21), após o senador Paulo Paim (PT-RS) protocolar o pedido, o vice-presidente do Senado Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) leu em plenário o requerimento para a instalação da CPI.

Por óbvio, as centrais sindicais apoiam a criação da CPI da Previdência.

O leitor do Blog do Esmael soube em primeiríssima mão, no dia 7 de março, que a vaca [reforma da previdência de Temer] já tinha ido para o brejo.

Comments are closed.