Semipresidencialismo: A tentativa de um novo golpe preventivo contra a vontade popular

URGENTE: manifestantes convocam “Fora Temer” nesta quarta-feira em Araucária (PR)

As tumbas foram abertas no Paraná e o ex-presidente golpista Michel Temer (MDB) irá ministrar uma palestra privada sobre “reformas constitucionais” (sic) a convite da Prefeitura de Araucária, na região metropolitana de Curitiba. O município é sede da REPAR (Refinaria Presidente Getúlio Vargas), de propriedade da Petrobras.

O evento com o “Vampirão Neoliberalista” desta quarta-feira (03/11) será às 09h, no salão Nobre da Prefeitura de Araucária, porém o encontro será escondidinho do povo.

Foi na época de Temer, depois da deposição de Dilma Rousseff, em 2016, que se implantou a política de preços paritários de importação (PPI), que implica no reajuste de preços de combustíveis e do gás de cozinha. Esse sistema consiste em aumentos praticados pela Petrobras de acordo com a variação do dólar e a cotação internacional do petróleo. Em suma, os consumidores brasileiros pagam em moeda americana enquanto recebe em real pelo seu trabalho ou serviço.

Só neste ano de 2021, a gasolina já acumula alta de 73,4% nas refinarias, enquanto o diesel subiu 65,3%.

Sob a falsa promessa de gerar mais empregos, Temer ainda sancionou a reforma trabalhista, em 2017. Na prática, a reforma retirou diversos direitos dos trabalhadores e precarizou ainda mais as condições de trabalho. De acordo com o IBGE, a taxa de desemprego no 2º trimestre de 2021 foi de 14,1%. O número de desalentados, ou seja, aqueles que desistiram de procurar emprego, é de 5,6 milhões. Nunca na série histórica da pesquisa o número de trabalhadores por conta própria foi tão alto: 25,2 milhões.

Isso sem falar da PEC 55, que congelou os investimentos em saúde e educação por 20 anos, o que colaborou diretamente para o caos vivenciado pela população durante a pandemia.

“Apesar de suas reformas irem contra os interesses da população, ainda assim essa foi a escolha da prefeitura de Araucária para supostamente capacitar seus funcionários, tudo com dinheiro público”, protestou Luciano Zanetti, diretor do Sindipetro (Sindicato dos Petroleiros PR e SC_).

Segundo os líderes dos petroleiros, entidades sindicais e movimentos sociais programaram uma recepção “calorosa” ao ex-presidente. A manifestação acontecerá também nesta quarta-feira, em frente à Prefeitura de Araucária, às 8h30.

O prefeito de Araucária é Hissam Hussein Dehaini (Cidadania). O município tem 146 mil habitantes, fica a 29 km da capital, e a terceira maior arrecadação do Paraná.

Leia também

Ciro Gomes anuncia filme sobre picaretagem na Petrobras que é dirigida por um general [vídeo]

O pedágio incomoda muita gente. 27 pedágios incomodam bastante gente. Mas 42 pedágios incomodam mais

General Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras, fugiu de manifestação no Paraná