Brasil 247 anuncia documentário sobre como Sergio Moro ficou milionário nos Estados Unidos

Sergio Moro estreia como pré-candidato a presidente sob o signo da desconfiança

Há muita desconfiança acerca do projeto presidencial do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro. Nem mesmo a “Janja Moro” acredita que seu marido vá concorrer ao Palácio do Planalto na eleição de 2022. Os sinais são de que ele tentará uma vaga no Senado e não será pelo Paraná, pois, no estado, Alvaro Dias tenta a reeleição com o apoio do governador Ratinho Junior (PSD).

Ratinho Junior é o principal de Jair Bolsonaro e, prova dessa união e amizade, o governador do Paraná irá passear amanhã (sábado, dia) na garupa da motocicleta do presidente da República no município de Ponta Grossa (PR).

A filiação de Moro no Podemos, semana que vem, dar-se-á sob o signo da desconfiança. Até o site O Antagonista, onde o ex-juiz mantém uma coluna, afirma que seu colaborador não tem jeito de presidenciável, não fala como presidenciável e não tem palanques regionais que o sustente na disputa pela Presidência.

De fato, o Podemos está mais preocupado em fazer uma composição no Paraná com Alvaro na garupa Ratinho Junior. Noutros estados o ânimo é o mesmo.

A tática eleitoral do Podemos parece ser mais focada no Senado. O partido tem nove senadores, incluídos os três da bancada do Paraná.

  • Sergio Moro concorreria ao Senado por São Paulo;
  • Deltan Dallagnol, que renunciou ao cargo do Ministério Pública, tentaria o Senado por Santa Catarina; e
  • Alvaro Dias buscaria a reeleição pelo Paraná.

Lembre-se da sentença de Rosângela Moro, a “Conja Moro”, que no início do ano passado determinou: ‘Moro e Bolsonaro: vejo uma coisa só’.

Bolsonaro só chegou à Presidência com a ajuda de Moro, Deltan, da Lava Jato e velha mídia corporativa. Todos eles têm um projeto em comum: conquistar imunidade e derrotar o ex-presidente Lula e o PT.

Quanto à pré-candidatura ao Palácio do Planalto, em 2022, Sergio Moro adota a técnica do arqueiro de mirar mais alto para acertar o alvo: o Senado.

Leia também

Sergio Moro é uma tentativa de terceira via com potencial de votos, diz senador Alvaro Dias [ouça]

Deltan Dallagnol também vai se filiar no Podemos para formalizar entrada na política

Anti-Moro: André Vargas vem aí como candidato a deputado federal pelo Paraná