Impeachment de Bolsonaro causa controvérsia na eleição da OAB-PR [vídeo]

Impeachment de Bolsonaro causa controvérsia na eleição da OAB-PR [vídeo]

Em 2016, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Paraná, apoiou a abertura do impeachment da então presidenta Dilma Rousseff (PT). Agora, com mais de 100 requerimentos protocolados na Câmara, contra Jair Bolsonaro, até agora, a autarquia ainda não se manifestou –a despeito de acusações mais sérias acerca do atual mandatário.

Com essa pergunta, a advogada Ana Carolina Clève, presidenta do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (IPRADE), foi a sensação no debate promovido pela OAB-PR na segunda-feira (22/11).

Na época, a OAB-PR apoiou o pedido de impeachment da Dilma e até convocou o povo para ir às ruas. “Por que agora, com mais de 100 pedidos de impeachment do Bolsonaro a OAB-PR não se manifesta?”, questionou Carol Clève.

A presidenta do IPRADE dirigiu sua pergunta para a candidata da XI de Agosto, Marilena Winter.

No final do debate, contrariada com a pergunta, Marilena recolheu a mão e virou o rosto quando Carol lhe estendeu a mão.

Ficou a dúvida se a presidenta da chapa XI de Agosto não viu a colega ou se foi de caso pensado, mas, quem testemunhou a cena, disse que o gesto surpreendeu porque Carol é casada com o célebre advogado Guilherme Gonçalves, especialista em direito eleitoral, apoiador da candidatura de Marilena.

Apesar da controvérsia causada no debate, está aí uma bandeira importante para a OAB-PR: impeachment de Bolsonaro.

A OAB-PR vai às urnas na quinta-feira, dia 25 de novembro. A votação será online.

Assista ao trecho com pergunta e a resposta:

Leia também

Na reta final na eleição da OAB-PR tem dedo nos olhos e chutes abaixo da cintura. Pode isso, Arnaldo?