No governo Dilma Rousseff (PT), em 2014, o número de inscritos era de 8,7 milhões pessoas. Após o golpe de 2016, no entanto, menos da metade [3,1 milhões] se inscreveram para o Enem 2021.

Enem 2021: mais polêmico, mais politizado e com menor número de inscritos desde 2005

No governo Dilma Rousseff (PT), em 2014, o número de inscritos era de 8,7 milhões pessoas. Após o golpe de 2016, no entanto, menos da metade [3,1 milhões] se inscreveram para o Enem 2021.

As poucos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus bárbaros estão conseguindo desmontar até o Enem Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) –prova de acesso à universidade que existe há 24 anos.

O Enem 2021 é mais polêmico, politizado e com menor número de inscritos. Nesta edição houve interferência no conteúdo do certamente que será aplicado hoje para 3.109.762 pessoas inscritas. É o menor número de inscritos deste 2005, quando 3,1 milhões se inscreveram para a prova.

O ápice de número de inscritos no Enem ocorreu em 2014, no governo Dilma Rousseff (PT), com 8,7 milhões pessoas participando do Enem. Após o golpe de 2016, no entanto, o número de inscritos vem definhando ano a ano.

O número de inscritos no Enem 2021 é menor, menos da metade, do que no melhor momento petista na Educação.

Apesar de Bolsonaro, o exame será realizado hoje em mais 1,7 mil municípios brasileiros.

Sobre a prova do Enem 2021

Neste domingo (21/11) o primeiro dia de provas. Serão 90 questões de múltipla escolha divididas entre linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Os estudantes têm ainda que fazer uma redação. A prova de linguagens vem com 5 questões de inglês e 5 de espanhol. Responda somente à opção que você fez, inglês ou espanhol.

Confira os horários do primeiro dia de provas (horário de Brasília):

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Saída sem caderno de questões: a partir das 15h30
  • Saída com caderno de questões: a partir das 18h30
  • Término das provas: 19h

O que levar na prova

Para ter acesso ao local de prova, é obrigatório apresentar um documento original com foto. São válidos:

  • Carteira de Identidade (RG);
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros e refugiados;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social.
  • Caso o documento oficial tenha sido roubado ou furtado, pode ser apresentado o boletim de ocorrência expedido há no máximo 90 dias.

Vias digitais ou cópias autenticadas não serão aceitas.

Álcool em gel

Álcool em gel será disponibilizado para o candidato higienizar as mãos no local de prova, mas ele também tem a opção de levar o seu.

Máscara extra

O uso de máscara é obrigatório e é proibida a entrada do participante sem ela por questões de segurança contra a covid-19. E, pelos mesmos motivos, o aluno pode levar máscara extra para fazer a troca durante o exame, se achar necessário.

O edital do exame prevê que quem estiver com Covid ou outra doença infectocontagiosas não deve comparecer ao local de prova. Nesse caso, o candidato diagnosticado deverá submeter um pedido de reaplicação da prova pelo página do participante em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação.

Cartão de confirmação de inscrição

O cartão de confirmação não é obrigatório, mas o Ministério da Educação (MEC) recomenda que o candidato leve uma via impressa. No documento, é possível conferir o endereço onde o exame será aplicado, os horários de abertura e fechamento dos portões, bem como a data de cada prova.

Caneta preta

Para o Enem, é obrigatório o uso de caneta esferográfica preta, produzida em material transparente para o preenchimento do cartão-resposta. Lápis, canetas coloridas, borracha não são permitidos.

Lanche

O candidato pode levar seu próprio lanche, se quiser.

Não é permitido

Há uma lista de objetos proibidos no local de aplicação durante a prova. São eles:

  • Telefones celulares e quaisquer equipamentos eletrônicos – estes devem ser mantidos desligados e devidamente guardados no envelope porta-objetos. Caso algum som seja emitido dos aparelhos durante a prova, o candidato será eliminado;
  • Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens;
  • Óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras ou gorros;
  • Bebidas alcoólicas e/ou drogas ilícitas.