Deu chabu no casamento de Bolsonaro com PL por causa de dinheiro; enlace que aconteceria no dia 22 de novembro foi adiado.

Deu chabu no casamento de Bolsonaro com PL que aconteceria no dia 22 de novembro

Entrou água no chope do presidente Jair Bolsonaro e do presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, que adiaram o casamento marcado no próximo dia 22 de novembro. Deu chabu na filiação no PL.

Para consumo externo, os pombinhos informaram que a desavença ocorre nos palanques estaduais. Em São Paulo, o PL tende a apoiar Rodrigo Garcia (PSDB) enquanto Bolsonaro exige um candidato próprio conservador por meio de uma coalizão contra a esquerda e o centro.

“Decidimos, de comum acordo, pelo adiamento da anunciada cerimônia de filiação. Portanto, a data de 22 de novembro foi cancelada, não havendo, ainda, uma nova data para o compromisso de filiação”, diz um documento divulgado neste domingo (14/11) pelo presidente nacional do PL.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, é o nome lembrado pelo mandatário para concorrer ao governo de São Paulo. Também há bronca no Nordeste, onde os liberais preferem caminhar com o ex-presidente Lula.

Internamente, a família Bolsonaro promove uma guerra interna pelo controle do PL com porteira fechada, isto é, além dos palanques regionais, o clã luta para tirar a chave do cofre das mãos de Valdemar da Costa Neto sob o argumento de que o partido crescerá com a filiação do presidente. Ao menos 40 deputados acompanharão Bolsonaro, estimam os filhos do presidente da República.

A saída de Bolsonaro do PSL, há dois anos, igualmente envolveu a disputa pelos fundos eleitoral e partidário. Sem acesso à bufunfa, o presidente se desfiliou. Tentou criar uma organização, a Aliança pelo Brasil, mas bateu na trave porque nasceria sem acesso ao raio do fundo.

O PSL tem direito a R$ 558,6 milhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

O PL tem 204 milhões de fundo eleitoral, mas, por causa do reajuste, poderá receber até R$ 400 milhões em 2022.

Em público, Bolsonaro jura que o casamento com o PL de Valdemar da Costa Neto é por “amor”. Alguém acredita?