Bolsonaro confunde John Kerry, enviado dos EUA ao G20, com o comediante Jim Carrey, ator de "Débi & Loide"

Bolsonaro confunde John Kerry, enviado dos EUA ao G20, com o comediante Jim Carrey, ator de “Débi & Loide”

O presidente Jair Bolsonaro, além de pisar o pé de Angela Merkel, ficar isolado num canto, também confundiu o enviado americano para o G20, John Kerry, com o comediante Jim Carrey.

“Conversei com Jim Carrey hoje”, disse Bolsonaro durante uma entrevista na Itália.

Ex-secretário de Estado, Kerry era o enviado presidencial especial para o clima dos Estados Unidos, não o ator Carrey, como imaginou Bolsonaro.

O ator de “O Mentiroso” e “Débi & Loide” também é um militante antivacina nos EUA, assim como Bolsonaro. Talvez isso tenha ajudado na confusão.

Aliás, recentemente, numa entrevista, o ex-presidente Lula disse que a covid tinha afetado o cérebro do presidente Bolsonaro e do ex-ministro Ciro Gomes. A declaração se deu no calor da discussão desse último com a ex-presidenta Dilma Rousseff.

Leia também

Manifestantes e polícia entram em confronto na visita de Bolsonaro em Pádua, na Itália [vídeo]

Bolsonaro anuncia novo aumento dos combustíveis e promete confiscar dividendos para conter preços aos consumidores

Bolsonaro fazia turismo em Roma enquanto líderes do G20 trabalhavam, diz jornal italiano