Senador Humberto Costa (PT-PE) chorou diante dos depoimentos na CPI. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Senadores caem no choro com depoimentos de vítimas na CPI da Covid; siga ao vivo

Os brutos também choram. Que o digam os senadores da CPI da Covid, que se emocionaram com depoimentos de vítimas diretas e indiretas na pandemia.

Chorando, Humberto Costa (PT-PE) afirmou que o depoimento de vítimas da covid-19 transforma o dia de hoje no mais importante da CPI. Segundo o parlamentar, os números de óbitos registrados diariamente nas plaquinhas de Renan Calheiros(MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) agora têm “face, rosto, história”.

Merecíamos um pedido de desculpas do presidente Bolsonaro, exigiu taxista que perdeu filho e irmã.

“Nós merecíamos um pedido de desculpas da maior autoridade do país. Não é questão politica, se é de um partido ou de outro, nós estamos falando de vidas. A nossa dor não é “mimimi”, nós não somos palhaços. É real”, disse, emocionando a comissão de investigação.

Diferente das outras sessões, a reunião de hoje é bastante emotiva.

“Quando vemos um presidente da República imitando uma pessoa com falta de ar, isso para nós é muito doloroso (…). Esse lugar representa para mim uma vitória, porque eu sei que a justiça vai acontecer. Não são só números, são pessoas. O sangue dessas mais se 600 mil vítimas escorre nas mãos daqueles que subestimaram esse vírus — disse Katia, que também conclamou a todos a se vacinarem, lembrando que seus pais não tiveram essa oportunidade”, disse muito emocionada Katia Shirlene Castilho dos Santos, que testemunhou à CPI a perda do pai e mãe para a covid-19.

Assistir ao vivo a CPI da Covid

Leia também

Paulo Guedes faz sucesso no “Round 6” de Bolsonaro

Ao vivo: vítimas são ouvidas pela CPI da Covid nas vésperas do relatório final; siga

Afinal, Bolsonaro pode ser preso após indiciamento na CPI da Covid?