O malfeito é de Paulo Guedes, mas Ciro Gomes ataca o PT horas depois de pedir "trégua"

O malfeito é de Paulo Guedes, mas Ciro Gomes ataca o PT horas depois de pedir “trégua”

Magoado pelas vaias que tomou sábado (03/10) na Avenida Paulista, na manifestação pelo Fora Bolsonaro, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) atacou o PT pelo malfeito do ministro da Economia, Paulo Guedes, flagrado pelo “Pandora Papers” com offshores em paraíso fiscal.

Xingado por militantes progressista, Ciro havia pedido para o PT uma “trégua de Natal” pelo impeachment de Bolsonaro. No entanto, o pedetista não se aguentou e atacou os petistas publicando um vídeo relacionando Paulo Guedes aos governos petistas [sic].

Segundo Ciro, nos governos do PT, o então presidente do Banco Central e o ministro da Fazenda guardavam sua própria poupança em paraíso fiscal.

“Nos oito anos de governo Lula, o Banco Central foi governado pelo banco de Boston”, disse pré-candidato do PDT, que republicou uma entrevista de 2018 na Globonews.

“Enquanto isto, o PT ataca Guedes porque, ministro da Fazenda de Bolsonaro, tem sua fortuna num paraíso fiscal! Presidente do Banco Central de Bolsonaro também. Nos últimos 20 anos, mais de 250 BILHÕES DE DÓLARES foram tirados do Brasil pelos amigos dos Reis que nos governam”, escreveu no Twitter o ex-ministro de Lula [Ciro Gomes].

Depois das vaias que tomou no fim de semana, Ciro Gomes passou as últimas horas jurando que não tem nada a ver com a terceira via.

“Estamos propondo uma amplíssima trégua de Natal. Quando for o assunto Bolsonaro e impeachment, a gente deve esquecer tudo e convergir para esse raríssimo consenso, que já não é fácil”, afirmou Ciro, sem, no entanto, acreditar que o PT aderiria ao armistício. “No dia a dia, vamos continuar estabelecendo as nossas diferenças”, completou.

Apesar de pedir trégua, é o próprio Ciro quem rompe a trégua.

Diante desses novos ataques, petistas questionam: a serviço de quem atua Ciro Gomes? O ex-ministro de Lula pretende ser linha auxiliar de qual candidatura em 2022?

Ciro Gomes foi ministro da Integração Nacional, no governo Lula, entre 2003 e 2006. Ele foi colega de Henrique Meirelles no mesmo período e no mesmo governo petista que agora critica.

Assista ao vídeo #TBT de Ciro:

Leia também

Ciro Gomes abandona a terceira via para se juntar à turma de Lula no #2OutForaBolsonaro

É do Caribe: Oposição pede CPI para investigar offshore de Paulo Guedes em paraíso fiscal

Caso Paulo Guedes abre crise no Jornal Nacional, da Globo, sobre contas no paraíso fiscal

CPI pode convocar Paulo Guedes na sessão de hoje; siga ao vivo