Lula sobre Bolsonaro: “Todo mundo sabe, no Brasil e no mundo, que Bolsonaro é um mentiroso”

Lula afirma que ‘o mundo sabe que ele é um mentiroso’, ao se referir a Bolsonaro

O k-suco ferveu neste domingo (31/10) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, rebatendo mais uma mentira do presidente Jair Bolsonaro.

Bolsonaro disse numa entrevista à TV italiana SkyTV24 que Lula, líder nas intenções de voto, estaria ligado ao narcotráfico cuja fake news foi lançada pela extrema direita direita na Espanha. Esse factoide foi noticiado pelo Blog do Esmael no dia 10 de outubro.

“Todo mundo sabe, no Brasil e no mundo, que Bolsonaro é um mentiroso”, declarou o ex-presidente Lula neste domingo.

Na entrevista à SkyTV24, Bolsonaro disse, sem provas, que Lula teria relações com narcotraficantes. Ele alegou que o ex-presidente estaria entre várias “autoridades de esquerda no Brasil e na Espanha” que teriam recebido recursos do narcotráfico da Venezuela.

A presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), também rebateu Bolsonaro. “Isolado, sem preparo e desesperado com aumento de desaprovação popular, Bolsonaro ataca Lula com fake news em entrevista na Itália. Muito grave”, escreveu Gleisi nas redes sociais.

Leia também

Ex-aeromoça de extrema-direita ganha 15 minutos de fama em ataque contra Lula e Foro de São Paulo

Bolsonaro foi a Roma e não viu o papa

Venezuela tem a gasolina mais barata do mundo; 50 litros custa R$ 6,50 no país de Nicolás Maduro

Não é preciso desmatar a Amazônia para plantar soja ou criar gado, diz Lula à TV turca

Em entrevista à TV TRT World, da Turquia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que não é preciso desmatar a Amazônia para se plantar soja ou criar gado. Ele defendeu que a floresta em pé é mais rentável do que a floresta tombada e chamou atenção para a responsabilidade dos países em promover um desenvolvimento econômico alinhado às questão ambientais. A entrevista do ex-presidente, realizada pela jornalista Ghida Fakhry, foi ao ar na tarde deste sábado, no programa Bigger than Five.

“Nós queremos efetivamente dizer ao mundo inteiro: não precisamos desmatar a Amazônia para plantar soja ou criar gado, o Brasil tem terras incomensuráveis para plantar sem precisar derrubar. O que nós precisamos é convencer a sociedade de que a floresta em pé, ela pode ser mais rentável para o desenvolvimento do Brasil do que a floresta tombada”, afirmou Lula.

O ex-presidente disse que a questão ambiental é tão séria que “nenhum país do mundo pode pensar qualquer politica de desenvolvimento que não leve em conta, de uma vez por todas, a necessidade de nós respirarmos um ar puro”. Para Lula, é preciso ter menos agrotóxico nas produções de alimento, ter água potável no planeta inteiro e se evitar o degelo das camadas polares da Antártica.

Lula também destacou a importância do papel da Organização das Nações Unidas (ONU). “É preciso mais responsabilidade e a ONU pode cuidar disso. Agora, se a ONU tiver uma representatividade. Eu posso de dizer que vou brigar muito para que a ONU volte a ter um papel representativo e democrático na sociedade”, disse à TRT.

O ex-presidente lembrou a relevância do Brasil na COP 15, em 2009, quando o país, em seu governo, se comprometeu e reduziu o desmatamento na Amazônia. “O Brasil assumiu o compromisso de diminuir em 80% o desmatamento da Amazônia e nos cumprimos. Agora, os outros países precisam cumprir aquilo que falam. Em se tratando de meio ambiente, tem muita gente boa de discurso e muita gente que não coloca em prática 10% do discurso que faz”, criticou.

Veja a íntegra da entrevista: